Março 2013 | Santuário da Fantasia
Seja bem-vindo!
  • Por que Ler Fantasia?

    Nas histórias de fantasia nós aprendemos a entender as diferenças dos outros, aprendemos ter compaixão por aquelas coisas que não podemos compreender, aprendemos a importância de manter o nosso sentido de saber do estranho mundo que existe nas páginas da literatura fantástica. Ensina-nos a tolerância de outras pessoas e lugares e engendram uma abertura para novas experiências...

  • Santuário da Fantasia

    Este novo projeto é para reunir as maiores obras já lançadas e que ainda terão o seu lançamento, contando com uma diversidade de informação para lhe deixar entretido por um longo tempo. Aqui estamos para finalmente abrirmos as nossas portas... Então, sejam bem-vindos ao Santuário!

  • Mundo dos Promos

    Esse espaço é dedicado para aquelas pessoas que fazem Promoções sobre a Literatura. O Blog já ultrapassou a marca de 7.000 visitas em menos de 9 meses, possuindo mais de 500 Promoções. E também, há vários Promos todos os dias. Acesse e participe...

  • Codex de Ouro

    O Codex de Ouro é um prêmio anual promovido pelo Ponto do Autor, e, antes de tudo, o desejo de celebrarmos as conquistas dos autores que representam a força da literatura nacional. Almejamos realizar uma festa anual para os autores nacionais, em uma celebração promovida com base exclusivamente no conhecimento que buscamos na weblit...

  • Gêneros de Literatura

    Neste tema falará os mais variados Gêneros da Literatura e afins. Ainda em progresso de inclusão...

  • Mundo da Literatura

    O Grande projeto foi finalmente definido no ano de 2011 para que reunisse os autores nacionais num só lugar, o Mundo da Literatura. Em consequência disso, conseguimos com grande sucesso esta grande realização em tão pouco tempo. Entre lá e veja por si mesmo o seu funcionamento...

Intróito de O Poeta por S. King

Essa é uma matéria tirada do livro "O Poeta", do autor Michael Connelly, feita pelo grande escritor Stephen King. Foi uma amiga que me enviou esta Introdução (não é encontrada na net), então venho com esta matéria mostrar, pelo que eu achei, uma Introdução e tanto.



Ela inicia logo abaixo:


"Tanto para um escritor quanto para um leitor pode ser extremamente difícil começar um livro. Ninguém na estória lhe parece familiar e todos os lugares são estranhos; por isso o início da leitura é como um ato forçado de intimidade. Uma hooker pode ajudar (hooker pode significar tanto prostituta quanto algo que fisga, que engancha).

Ou seja, mas sobretudo a uma boa frase inicial. Sou louco por bons inícios, coleciono-os num caderninho do mesmo modo que algumas pessoas colecionam selos ou moedas, e a primeira frase de O Poeta é magnífica. " A morte é meu negócio " , escreve Jack McEvoy, e somos imediatamente fisgados. Não se trata de um embuste, mas de uma frase que estabelece perfeitamente o tom da narrativa: sombria, melancólica, simplesmente assustadora. Ela também serve para distanciar O Poeta dos quatro romances que Connelly havia escrito até então. Seus livros anteriores são sobre um personagem recorrente. Posso imaginar Harry Bosch (de The Concrete Blond, etc...) dizendo algo parecido com "A morte é meu negócio", mas não antes do auge da sua desilusão.


As pessoas que não leem por prazer

Impossível é apenas uma palavra para que as pessoas se sintam bem consigo mesmas quando parar."

- Vincent Law (Mundo de Avalon)

    Antes de tudo, como vai? Muito raramente crio matéria para o Santuário, não porque eu não tenho assuntos a dizer, muito pelo contrário. Aliás, estou aqui apenas aprimorando o blog, então eu visito-o quase sempre. A partir de hoje, eu irei divulgar algumas matérias no Santuário. Esta aqui, faria conexão com este > A vida é muito curta para ler livros ruins <  Sintetizando a matéria desse endereço, significa: “Uma crítica desfavorável pode fechar um restaurante.” Então, como posso defender os meus favoritos? Isso é, tipo, a sua opinião, certo?

"Você aceita a sua opinião ou toma uma abordagem diferente ao defender um livro. O que significa que você não pode defendê-lo só porque você gostou, mas dar o raciocínio lógico e realmente ter algum tipo de contra-argumento concreto. Aceito outras opiniões, mas isso não significa que eu me recuso a tentar convencer minha própria ou pelo menos explicar / colocar em contexto o que significa. As pessoas muitas vezes odeiam as coisas só porque eles entraram com o hyper: é só ver o histórico de livros dele, e verá se a mesma tem o gosto parecido com o seu; mas lembrem-se, opiniões; todo mundo tem um. E elas divergem a cada momento."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Todos os direitos reservados © Santuário da Fantasia - O Reinado da Fantasia Utópica em conexão com o Mundo da Literatura